top of page
Search

Nicolas Lima: "Estou habituado, às críticas, às piadas, às referências aos projectos (...)"

Na segunda entrevista da temporada, estivemos à conversa com Nicolas Lima, o experiente e conhecido GM que lidera a conferência Oeste à data desta publicação. Sacramento vive um ambiente de euforia. Os fãs não estavam à espera de resultados tão imediatos e, provavelmente, o próprio "homem do leme" também não. Pelo menos é isso que esta entrevista deixa subentendido. Uma equipa pronta para um futuro de muitas vitórias, mas que não se assume, para já, candidata a nada.



Filipe Pardal - A entrar no 2º mês da competição, os Kings são a melhor equipa (melhor registo) da conferência Oeste, incluindo um impressionante 10-1 fora de casa. Estava a contar com um início assim? Isto obriga-o a elevar a fasquia e a admitir que é um dos principais candidatos ao anel?


Nicolas Lima - Primeiro que nada agradecer a oportunidade de dar esta entrevista e deixar uma palavra de elogio pela nova e melhorada versão do Champ. Posto isto e respondendo às questões, ficamos muito satisfeitos com o draft que fizemos, sabíamos que íamos ser uma equipa competitiva, mas dizer que esperávamos este nível de desempenho seria estar a mentir. Quanto a sermos candidatos diria que é muito cedo para falar sobre isso, estamos numa fase muito inicial da época, há equipas teoricamente mais fortes que nós que estão apenas agora a acertar o passo, há outras que certamente ficarão mais fortes via trocas e nós tivemos a vantagem de ter conectado muito rapidamente enquanto equipa, com toda a gente a aceitar os seus roles e a executá-los na perfeição.


FP - Ao não assumir claramente que é candidato não estará a dar razão aqueles que continuam à espera do "eterno projeto" e de um eventual passo atrás através de uma troca para beneficiar o futuro?


NL - Não acho que haja uma correlação direta. O projecto já existe, o draft já foi executado a pensar nisso, Doncic é uma super estrela mas ainda é jovem, Wagner, Duren têm muita margem ainda de progressão e ainda temos alguns jovens como Keyonte George e Gradey Dick que são jovens que aprecio muito e têm demonstrado qualidade desde já. Não nos considerando candidatos ao título já, não significa que não o possamos ser no futuro, seja por troca seja pela evolução natural dos nossos jovens jogadores.


FP - De facto, é impossível falar dos Kings sem falar de Doncic. O esloveno começou a época a fazer demasiados turnovers e mesmo estando em 2º lugar no mais recente R2MVP parece que teima em não pegar claramente na liderança da equipa. Concorda? Doncic é intocável no mercado?


NL - Não concordo. O Doncic faz o necessário, nos jogos mais apertados têm tido exibições de alto nível, quando se tem muita bola é normal haver mais turnovers, é o nosso líder e a equipa é dele. No entanto o líder não joga sozinho, e da segunda linha aparece sempre alguém, quando não é o Grant é o Wagner, se não é Wagner é o Duren quando não é nenhum dos outros titulares o banco aparece em alto nível. Toda a equipa funciona como um todo e é isso que nos leva ao sucesso. Quanto à questão do mercado, não estamos a pensar mover o Doncic até pelas razões referidas acima, é jovem, contrato longo e ainda pode ser melhor do que é hoje, mas nunca digo nunca. Não há inegociaveis nas minhas equipas, como a história indica.


FP - Não falou de Keyonte George que parece ser o elo mais fraco do habitual 5 inicial... é sinal que está insatisfeito com as prestações do atleta? Noutra nota, sobre Duren, apesar dos números positivos, é suficiente tê-lo como poste titular quando os seus principais concorrentes têm Joel Embiid e Anthony Davis para dominar no jogo interior?


NL - Longe disso, gosto muito do Keyonte e tem estado muito bem no role que lhe é assignado, não referi o Keyonte porque os seus números não são tão vistosos em termos de volume, mas apresenta sempre muito eficiência a vários níveis (puxa dos papéis) pode marcar perto de metade dos pontos que os outros titulares marcam mas tem 45% de FG que é bastante positivo. O Duren não me preocupa, como disse não somos candidatos desde já e o Duren tem tempo para aguentar jogadores desse calibre e mesmo actualmente não quer dizer que não se aguente. Já jogamos 3 jogos contra os Pelicans do Jokic e só perdemos 1 por exemplo sendo que num o Sérvio marcou 15 e noutro 20 pontos. É uma não questão, tenho total confiança nos jogadores que tenho.



FP - Quem são para si os principais candidatos ao título já que podemos excluir os Kings desse grupo?


NL - Desde o draft que houve duas equipas que me saltaram à vista. Os Knicks, o Guilherme montou uma equipa com uma identidade defensiva fortíssima e isso tem demonstrado resultados desde o dia 1, para mim são a melhor equipa da liga. Depois temos os Blazers que têm uma equipa fortíssima e experiente. Demoraram um pouco a engrenar, mas vão com 8V consecutivas e acredito que já não vão abrandar. A estes acrescentaria os Bulls, se não pela equipa que já têm que seja pelo seu GM, mais cedo ou mais tarde o Lança vai tirar um coelho da cartola e vai acabar lá em cima. Nós estaremos numa segunda linha com Memphis, Phoenix entre outros. Em playoffs onde as rotações apertam e são mais curtas e os titulares acabam por ser mais importantes a nossa boa profundidade não vai ser tão relevante como na regular season. Para além disso há a dependência de Doncic que não deixa de ser um factor relevante


FP - Como é que responde aos mais críticos que afirmam que os Kings só não irão chegar mais longe devido ao GM que têm no leme?


NL - Estou habituado, às críticas, às piadas, às referências aos projectos, são coisas que já defletem na carapaça da minha indiferença. A verdade é que fui aprendendo com os meus erros e antes do fim do Champ perdi em jogo 7 nas finais de conferência e agora tenho a equipa num patamar alto. Já muitos dos críticos habituais, falam muito e não aprendem nada, depois não saem da cepa torta.


FP - Diga-nos o seu 5 inicial ideal da liga (incluindo GM).


NL - Doncic, SGA, Leonard, Jokic, Embiid (GM: Pedro Lança)


FP - Muito obrigado pela disponibilidade e pelo tempo dispensado. Por último, o que está a achar do ChampNBA até ao momento? Alguma sugestão, critica ou mensagem que queira deixar?


NL - O Champ levou um upgrade em tanto. Está melhor em tudo, desde a flexibilidade táctica, às estatísticas e outros conteúdos, ritmo, entre outras coisas. A comissão está de parabéns e fica aqui também o meu obrigado por todo o tempo despendido. Queria deixar aqui uma mensagem. Que todos os GMs tenham mais zelo e noção, que pensem nas equipas adversárias e no que é que elas podem ganhar quando fazem uma proposta ou contra proposta, que efectivamente façam contra propostas e não respondam apenas que sim ou que não, que justifiquem o porquê de ser sim ou não para que o GM possa rever a proposta, porque ao fim do dia ninguém joga isto sozinho e todos tiram mais disto se todos tiverem investidos em fazer do simulador o melhor possível.


---



Os Kings são candidatos ao título?

  • Sim, claro. O GM apenas quer ludibriar a pressão

  • Sim, mas o mais provável é perderem na final

  • Não, final de conferência na melhor das hipóteses

  • Não, o bom início esconde muitas fragilidades



65 views0 comments

Comments


bottom of page