top of page
Search

Os reis vieram para jogar

Os Sacramento Kings são das equipas que mais gosto dá ver jogar nestes primeiros dias de regular season. Se o potencial da equipa estava claro, até no papel e durante a ChampCUP, Nicolas Lima provou que não era fogo de vista. O projeto, este ano, pode mesmo passar por ganhar tudo. Com toda a certeza o "reinado" é o que está na cabeça de Luka Doncic.



A semana começou com um daqueles embates que já é apontado por muitos como uma final antecipada. Kings e Knicks, dois dos rosters mais completos e bem treinados da liga foram os protagonistas de mais um duelo intenso. O resultado final sorriu a Sacramento (133-131) num jogo onde Doncic marcou 38 pontos, deu 8 assistências e ainda teve tempo para roubar a bola 5 vezes. Tudo isto bem ajudado por uns impressionantes 26-16 de Jalen Duren e uns sólidos 18 pontos de Wagner e 19 (do banco) do irmão pobre da família Curry.


Os Knicks deram boa réplica mas a boa exibição coletiva acabaria por não ser suficiente.


O que surpreende mais na equipa que mora na capital californiana é que há muitas opções que permitem que as estrelas possam ter um dia mau. Vejamos, no outro jogo da jornada, os Kings venceram Oklahoma dando-se ao luxo de sobreviver aos 9 turnovers do base estrela, Doncic.


Como? Com Duren, Jerami Grant e mais algumas boas contribuições que secundaram uma exibição que apesar de ter sido feia ofensivamente, foi compensada com uma defesa agressiva e eficaz que forcou, entre outras coisas, 19 turnovers do adversário.


A meio do primeiro mês, Sacramento vai em 2º lugar na conferência Oeste, com 6 vitórias e apenas 1 derrota. Mais incrível do que isto? As seis vitórias foram todas... repetimos, todas fora de casa. Ironicamente os fãs ainda não viram a equipa triunfar no seu pavilhão (0-1).


Sim, dissemos anteriormente que a solidez da equipa - e o seu coletivo, com várias opções válidas, é provavelmente o melhor indicador de qualidade. Mas apesar de Doncic ainda estar a aquecer, a influência que o esloveno tem no jogo e nas possibilidades tácticas da equipa tem de ser destacada.


Doncic eleva a eficiência ofensiva dos Kings através das suas tomadas de decisão exemplares e habilidades de converter oportunidades que parecem, à partida, difíceis. A sua presença em campo (se conseguir melhorar a quantidade de faltas que cometeu nos primeiros jogos) significa que cada posse de bola tem um potencial mais alto de se converter em pontos, seja através de seus lançamentos de média e longa distância, seja através das suas assistências, liberando muitas vezes os alas e sendo uma das principais razões pela boa época de Jerami Grant até ao momento.


Finalmente, Luka amplia significativamente a versatilidade dos Kings.Isto porque pode jogar eficazmente em várias posições e desempenhar múltiplos papéis, assim o seu GM o deseje, desde o principal organizador da jogada até ao key player decisivo para colocar a laranjinha no cesto. A cultura táctica permite à equipa ajustar-se de maneira fluida a diferentes desafios durante a temporada e, claro, depois nos Playoffs.




65 views3 comments

3 comentarios


Francisco
Francisco
12 abr

Um excelente artigo sobre a forma como os Kings têm estado até agora, liderados pelo jogador que deviam ter draftado na vida real em vez do Bagley :).


O Luka tem demonstrado ser um early MVP Candidate, e quando não necessita de demonstrar todo o seu valor o resto da equipa tem demonstrado que pode dar step up.


Gostava também de destacar os Grizzlies que, liderados pelo Embiid, estão a mostrar que estão aqui para dar-se contra qualquer um

Me gusta

Isto não é como começa, mas é smp melhor começar dominante do que o contrário ;) Nicolas tem um bom conjunto de jogadores, e ainda mais importante é que parece ter encontrado rapidamente a melhor forma de os fazer render enquanto equipa. Vamos ver é se cede aos seus "demónios" interiores que neste momento já devem andar em coro a gritar ao seu ouvido "trocas, trocas, trocas"! :P

Me gusta

Um dos grandes destaques da liga, já o foram no torneio da pre-season, e parecem ser uma das equipas a ter em conta para disputar o campeonato. O mais preocupante para o resto da liga é que esta é também uma das equipas com maior upside para aos próximas épocas!

O Nico parece ter acertado na mouche na rotação e tática para esta equipa e não está a ser fácil para o resto encontrar o veneno para os parar. Está também a ser proactivo no mercado pelo menos na procura por trocas, vamos ver se consegue concretizar alguma que destaque mais a equipa de Doncic e companhia na corrida ao titulo.

Novamente um excelente artigo da equipa de reportagem do…

Me gusta
bottom of page